segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

(...)

Muito sinceramente a inspiração corre-me poucas vezes nas veias e nem sei porque tenho esta necessidade de vir aqui escrever, seja o que for.. Sei lá, acho que espero que alguém me leia, espero que alguém me ouça, que me entenda...

 

Sem comentários:

Enviar um comentário