domingo, 30 de setembro de 2012

keep on movin'.


Eu não sei como consegues. Não sei como consegues esconder tanto sentimento dentro de ti sem deixares que se escape, não sei como consegues apertar a dor. Não sei como tantas vezes adormeces a chorar e como quando acordas tens um sorriso obrigatoriamente a brilhar na tua cara. Não sei como consegues suportar todas as confusões e fingir para teu próprio bem que não é nada, nem sei como ainda consegues caminhar em frente. Não sei como guardas todas essas memórias pesadas, e todas essas cicatrizes dentro de ti. Não sei como ainda manténs a tua alma sã, não sei como consegues.
Não sei como consigo…
 

1 comentário:

  1. Este texto, já me revi a escrevo-lo milhões de vezes...

    (A IMAGEM: PERFECT *.*)

    ResponderEliminar