terça-feira, 5 de junho de 2012

Maldito seja, tem mil amores aos seus pés sem saber
Tem cristais nos olhos e o brilho na alma.
Maldito seja porque não sabe,
Já soube e esqueceu.
Maldito ele, porque se estende pelas quimeras
E não voa daí. Maldito!

Maravilhoso, tem as estrelas nas mãos sem saber
Tem a magia em todo o ser.




Sem comentários:

Enviar um comentário