sábado, 5 de maio de 2012

Face or Mask!?

Fui uma grande artista, um dia, quando fui pintando as máscaras do meu coração, e deixei a minha obra discreta.
Sempre acreditei no destino mas sempre me impedi de confiar nele e agora no meio de dilemas vejo que fica impossível apagar uma tela quando a pintamos dentro de nós.
Um dia pinto, outro dia escrevo e nunca deixo para trás os tecidos opacos com que tapo a minha alma, fui uma artista, fui alguém que precisou de deixar de ser alguma pessoa para poder realmente revelar segredos, mesmo que esses segredos não fossem de todo verdadeiros.
E agora que já não sou uma artista, agora que já gravei as máscaras profundamente, não posso revelar verdades, porque nunca ninguém conseguirá ver através de outra pessoa.

It makes me wonder... What do you think you see, me or a mask? Think, and then, think again.

2 comentários: