quinta-feira, 23 de junho de 2011

Começo a entender porque gosto de dias cinzentos, ninguém espera que estes sejam perfeitos dias de sol, e por isso mesmo desprezam a beleza oculta de um dia de chuva. Esse tipo de paisagem atraí-me precisamente porque é nessa mesma imperfeição que estamos mais perto de nos encontrar. È o mesmo cliché de sempre, a perfeição está longe de existir e quanto mais rápido aceitarmos que a imperfeição é crucial mais rápido aprendemos que não é no que á partida nos parece belo que encontraremos a verdadeira beleza, mas no que nos repele.

1 comentário:

  1. Oh, agora percebo porque é que também gosto de dias cinzentos!

    ResponderEliminar