sexta-feira, 6 de maio de 2011

Nada

Nada, nenhum pensamento, nenhum sentimento, nada para dizer. Talvez me tenham apertado o coração, tapado a boca e me tenham arrancado todo o vibrar interior.


P.s - Hoje caíu sobre mim uma boa dose de chuva, soube mesmo bem, já fazia falta!

1 comentário: