terça-feira, 28 de dezembro de 2010

Ontem foi daqueles dias. À noite quando tentava dormir, meus olhos teimavam em não querer fechar, queriam só ver a escuridão, o silêncio que me abraçava...
Tudo eram pensamentos, tudo era algo em que pensar, tudo era minha mente,  precisava de um maior refúgio para além do silêncio, para além de mim própria. Queria expulsar de mim tais motivos para reflectir mas não conseguia, nem com mil forças conseguia tirar aqueles pensamentos de mim. Pensava e reflectia sei lá eu o quê, não conseguia dormir, nenhuma música que soava em mim ou além me fazia distrair... E fechada entre quatro paredes que durante a noite também elas são negras, não havia vento que levasse aquele inquietação, aquela anciedade não sei de quê, não havia vento capaz de me mover para outro mundo, para outra realidade.
Só queria dormir, só queria fechar os olhos, guardar os pensamentos numa caixa e fechá-la, deixá-la num armário, fechar esse armário e atirar este ás profundezas dos oceanos, deixá-lo afogar-se bem fundo, onde nenhum outro ser humano poderia encontrá-lo...
Só queria encontrar o sol depois de tal noite tão mais longa que a noite, só queria mesmo era esquecer, pensamentos que não sei quais que me inquietavam sem serenidade, que me torturavam sem necessidade...
Só queria dormir e encontrar um sonho por aí, daqueles que amanhã já esqueci...

1 comentário:

  1. não faz mal minha querida, todos sonhamos..!
    Está lindo, sabes que podes contar comigo para tudo, estou aqui <3

    ResponderEliminar