sexta-feira, 9 de julho de 2010

Palavras

Palavras, para que servem as palavras?
Sílabas conjugadas, múltiplos significados
Para falar do nada que tudo tem
Execráveis palavras que não sabem falar
E letras? Nem mil e cem
Expressariam uma só sensação
E uma apenas faria uma canção
Então? Palavra, termo, vocábulo?
Tantas palavras substituiram as "palavras"
E no final para quê?
Se falamos sem saber porquê?
Ou para quem?
Pois basta um silêncio
Para me abrir a outrem
Então admiro crianças
Quando não sabem falar
Que num só silêncio
Sorriem sem parar
Mas sem me desviar
Palavras? Para quê?
Se um só olhar te diria porquê
Se um só silêncio te falaria como quem lê
Qual a sua finalidade?
Se sua adjectividade não descreve um só instante
Não traça um momento de felicidade
E voltando a questionar
Para que servem palavras?
Se cantamos, falamos, expressamos, dizemos, tudo num só silêncio...
Palavras afinal para quê? Para onde? Para quem? Porquê?
Se ao cessar do ruído, tudo se diz, tudo se vê...

6 comentários:

  1. Muito obrigada, tb gosto muito do seu surrealismo*


    Gosto muito. As palavras, a meu ver, servem oara dar um pouco de finalidade àquilo tudo que expressamos com o corpo*

    ResponderEliminar
  2. minha linda já te disse o que acho do poema, é completamente lindo, eu AMO-O ! <3

    ResponderEliminar