segunda-feira, 21 de junho de 2010

A caixinha de pandora entre as lágrimas

Oh as gotas que caiem do céu
De onde elas virão?
Quem as chorará
Neste dia de Verão?
Talvez sejam os anjos,
Talvez estejam a mandar uma mensagem
Esta mesma tendo um código
Tal como cada lágrima que se vá chorando
Que guarda sempre algo mais
Um segredo escondido
As gotas caiem, bem de alto
Caiem lá do pódio
E desculpa-me…
Se esta noite não te revelar o segredo
Das lágrimas que deixo cair neste degredo
Pergunta aos anjos!
Talvez eles te dirão
Tudo o que as minhas lágrimas carregam
Tudo o que elas reflectem do coração
Porque esta noite, querido
Hoje sou caixa de Pandora
Fechada e guardada
E amanhã por esta hora
Amanhã já estarei afogada…

1 comentário: