sábado, 22 de maio de 2010

A vida e o mundo (2)

Não sei quantas vezes já disse a inúmeras pessoas para não se iludirem a si próprias, para não mentirem a si próprias, e para quando errarem não cometerem o mesmo erro, não sei quantas, mas sei que foram muitas, vezes sem conta! A verdade é que as pessoas vão mais pela sua própria mente, e acho bem, mas e a voz do coração? Não é muda, é alta e a bom som e quase ninguém a ouve, todos a ignoram possuídos de uns quantos medos que pensam ser impossível acabar com eles e então ouvem a mente, a terrível mente errada, que nunca faz o que deve… Porque não complementam mente com o coração? O resultado seria perfeito… Falta a coragem de guerreiro, falta não ter medo de nada, mas afinal nem um guerreiro é tão corajoso quanto parece e toda a gente tem medo de algo, não somos de aço, somos todos humanos, até os mais cruéis e gelados conseguem sentir! È preciso acreditar ser corajoso para que os outros acreditem, para que a coragem nos invada nem que seja apenas um pouco dela! Também não sei quantas vezes eu ouvi o meu coração, mas a coragem nunca a tive, e nunca acreditei tê-la, incrível eu falar disto, afinal é mais fácil falar do que agir, mas quando palavras não são acções a conversa vira para o fracasso! È a errar que se aprende, é a tentar e a tentar que conseguimos finalmente interiorizar a mensagem! Acho mal cometer os mesmo erros várias vezes, mas às vezes tem de ser assim, ás vezes só mesmo batendo com a cabeça dezenas de vezes é que vemos a luz! È mesmo assim, é por tentativa de erro! Quanto á realidade é realmente dura, mas não tão dura como a pintamos, a nossa ideia do mundo depende da maneira como o vemos, se o vês a cinzento e preto é assim que ele te irá parecer, tal como um poema, se não o interpretares com alegria e modo positivo nunca irás entender a verdadeira mensagem e aí todo o poema te parecerá triste, escuro e te deitará abaixo… È preciso ver com bons olhos tudo o que nos rodeia mesmo que não o seja, devemos vê-lo como uma miragem, perfeito, talvez ele não nos irá parecer perfeito, mas bem melhor do que ele realmente é, disso tenho a certeza…

1 comentário: