segunda-feira, 3 de maio de 2010

A saudade ataca...

A saudade ataca bem fundo, e sinto falta do que era, não ia a baixo e nenhum sorriso era fingido...

Sem comentários:

Enviar um comentário