quinta-feira, 6 de maio de 2010

Está a chover torrêncialmente lá fora, gota após gota...
E eu, aqui sozinha neste quarto escuro, aparentemente cheio de coisas, mas na verdade vazio, e no meio de tanta escuridão consigo ver que nunca mais serei a mesma, tal como as gotas que caem lá fora, nunca voltarão a cair(...)!

Não me lembro quando escrevi isto, devia ser quando não conseguia dormir, decidi postar(:

Sem comentários:

Enviar um comentário