sábado, 10 de abril de 2010

Tudo o que...

Tudo o que eu tenho a dizer neste momento, é Adeus! Tudo o que tenho de fazer é retribuir a saudade que deixaste várias vezes, tenho de ser como tu, para sentires como eu!

Sem comentários:

Enviar um comentário