sexta-feira, 9 de abril de 2010

Eu virei...


Não há nada a fazer se não esperar...
Deixar voar o tempo, até que venhas e partas os ponteiros e fiques!
Mas não tenhas pressa, o tempo não tem limite, apesar dele andar mais rápido que eu eu fico bem ao meu ritmo, técnicamente não vou esperar, se voltares e eu já não estiver mais aqui, fica e espera-me, eu virei, com toda a certeza,porque eu não me esqueço do que digo e o que digo é verdadeiro e por isso virei...

Sem comentários:

Enviar um comentário