segunda-feira, 5 de abril de 2010

Hora do adeus, talvez para sempre...

Existe o limite, existe sempre um ponto em que ultrapassa, cheguei ao limite, talvez, não sei... Vives no ir e no vir, vives fechado num egoísmo e orgulho enorme, características que te impedem de voar mais longe, características que estão a trasformar um sentimento meu em raiva...
Acho que chegou a hora do adeus, talvez para sempre!
Porque para mim, existe sim um limite, acumulou tanta coisa em mim que já não me deixam sentir o que sentia, estas coisas que me enchem de raiva, essas atitudes que me deixam maluca, doida de raiva, irritam-me, levam-me ao limite, e apesar de não querer, talvez adeus, seja a palavra certa...
Para sempre ou não...

"Adeus" ou "Adeus e até breve"

Sem comentários:

Enviar um comentário