terça-feira, 6 de abril de 2010

Desejo que não voltes mais, de tanto desejar que voltes outra vez

"Desejo que não voltes mais
De tanto desejar que voltes outra vez"
Caís-te do céu, tal como um anjo, vieste e enfeitiçaste o meu ser, e, foste embora vezes sem conta, e voltaste, mas tão farta da saudade que me provoca, desejo que não voltes mais, de tanto desejar que voltes outra vez!
Porque quando voltas me enches de esperança, mas depois vais, foges, sem razão lógica, e a saudade ataca de novo, já não sei o que fazer, e apenas "Desejo que não voltes mais, de tanto desejar que voltes outra vez"!

Sem comentários:

Enviar um comentário