quinta-feira, 18 de março de 2010

Estou onde nunca pensei estar...
O vento sopra,a lua , o sol e as estrela brilham, as flores abrem-se!
E eu estou onde nunca pensei estar, á deriva, sem direcção possível, e eu não quero ir, mas as pernas fogem, eu não quero sentir, mas o coração bate, as pernas tremem, mas prossigo!
Basta uma sombra, uma voz, uma pequena imagem, que me enchem de vontade, e vou, sem conseguir parar, e quando não vou, o chão caminha para mim,e o longinquo aproxima-se, e lá estou eu de novo, á espera que outra vez, eu acabe noutro mundo, e depois volto, nunca confusão tremenda, com os pés na cabeça e a cabeça nos pés...

1 comentário: