sábado, 13 de março de 2010

Child

Sou criança, sim sou muito criança, quando não tenho de ser adulta!
Sim, é verdade, riu como uma criança, choro como uma criança, mas penso como adulta, ao contrário do que possam pensar, já passei por muito na minha vida, e ninguém ficou a saber, suportei sozinha, cheia de medo, dor e tristeza, mas ultrapassei, mesmo sozinha!
Quero partilhar alegria, sorrisos, gargalhadas, e não a tristeza!
Enquanto poder, irei guardar para mim, tudo o que se passa.
E vou continuar criança, para sempre, vou rir por tudo e por nada, vou ser estupida, mas vou rir muito, vou ter atitudes de criança até me cansar, porque eu sei que não o sou, mesmo que por vezes aparente ser, não sou!
Ser criança é como uma capa protectora (:
Ser criança, é felicidade, são momentos que por muito ridiculos que sejam, são únicos e inesquéciveis!
Ser criança, é uma eternidade, mesmo com 500 mil anos, há sempre uma criança em nós, e é assim que todos vivemos, recordando a infância, vivendo como uma criança, sonhando com contos de fadas, sonhar em ser superstar, herói, milionario, isto, são os sonhos de uma criança e de um adulto, são sonhos!

1 comentário: