segunda-feira, 22 de março de 2010

(...)
Mais uma vez, vou seguir todos os teus caminhos
Fugir fingindo que me vês sorrindo
P'ra te fitar quando eu puder...

Mais que uma vez puseste à prova o teu sexto sentido
Depois dás o dito por não dito
Como eu gostava de te compreender ...

Quero ser, a soluçãoo do teu problema
Participando nesse mesmo esquema
Que só tu sabes entender...

(...)
João Pedro Pais

3 comentários:

  1. pois, é o problema do nosso país....aqui é tudo igual, as pessoas parecem clones uns dos outros...e ainda por cima, com caracteristicas nada positivas :s

    ResponderEliminar
  2. E mais que isso... O passado serve para ver onde erramos, acima de tudo serve para sabermos o quanto sofremos, o quanto lutamos, o quanto é necessária a força para ultrapassarmos os problemas. O passado nem sempre nos deita abaixo, nem sempre nos faz desejar um 'quer voltar e não poder'. O passado por vezes dá-nos as forças que precisamos para seguir em frente, sem íncertezas.

    ResponderEliminar
  3. E depois todas as pessoas cá metem-se nas nossas vidas quando não têm nada que se meter. Eu odeio isso, e quase toda a gente da minha turma é assim, se não for toda :s E depois criticam, opiniam, e quando vêm algo diferente (ai nossa senhora, que chover chouriças), nem vale a pena comentar -.-
    Mas é assim, temos de ser nós próprios e cagar para o que os outros dizem e pensam, eu já não ligo, quero lá saber que critiquem, se eu gosto, isso chega (; e não vou ser/fazer como todos os outros , para ser mais um clone

    ResponderEliminar