domingo, 7 de fevereiro de 2010

...Vou esquecer

Um mero instante deixa marcas fundas como o mar, marca com força, para fazer com que nunca se apague!
Foi apenas um olhar que agora não consigo apagar, vou esquecer...
Apaguem este instante... Levem esta memória para longe... Não quero lembrar-me do dia em que marcou, não era algo importante, passou a ser, e agora é confuso, é um torbilhão de pensamentos num pequeno espaço, não sei como arranca-los de mim, não sei como deixá-los de parte, e tento, e tento, não imaginar, não pensar!
Vou esquecer...Vou durmir dobre o assunto, e sonhar que apenas sonhei...Vou esquecer, vou acordar, e pensar que foi apenas uma ilusão no sono, e vou esquecer!

Sem comentários:

Enviar um comentário