sábado, 27 de fevereiro de 2010

Sinto-me, tão cheia de nada
Sinto-me tão perdida de mim
Procuro-me com a esperança
De um dia encontrar-me comigo

1 comentário:

  1. sito-me tao revoltada, irritada, emesmo ke nao coma estou com o estomago sempra cheio

    ResponderEliminar