quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Às vezes...

Às vezes fecho os olhos, não sei como será possível percorrer o nosso caminho sem por os pés no chão?
Às vezes só quero é sonhar, sem saber para onde vou, sonhar sem a pressa de ter de aterrar, um dia...
Às vezes, só quero sonhar como alguém normal,sem ter medo de ilusões, sem ter medo de ter medo!

Sem comentários:

Enviar um comentário